logo


Penitenciária Federal de Catanduvas

Projeto em parceria com a Junta de Missões Nacionais com o propósito da Evangelização dentro da Penitenciária Federal de Catanduvas (PR);Já estamos contribuindo para a realização de cultos periódicos no presídio, mas a intenção é a abertura de uma igreja para os internos, tendo como líder um dos detentos;

Parceiros Mantenedores

 

Relatório do Missionário

O dia de culto em Catanduvas foi simplesmente fantástico, graças a Deus.
Nesse dia 08 de Junho de 2013, outro pastor tinha marcado de estar comigo para realizarmos os serviços religiosos na unidade, porém ele não pode vir, logo fiquei sozinho, força de expressão, pude sentir Deus bem perto!
Pela manhã, acompanhado pela agente da Direb (Divisão de Reabilitação) pude realizar culto em 7 vivências! Como é bom ver as pessoas sedentas, com sede, sede de liberdade, sede de vida, sede de que alguém vá até o presídio e lhes mostre a esperança, e nós somos sabedores que essa esperança só se encontra em Cristo Jesus, nosso Senhor!
O que nos move nesse trabalho com certeza é a força do Espírito Santo em nós, e também nos sentimos motivados pela reciprocidade, pela empatia que temos criado com muitos dos internos da unidade. Quando você conhece as pessoas pelo nome, deixa de ser informal a maneira de passar a mensagem e se torna mais formal, glória a Deus!
Depois do almoço trocou o agente da unidade que nos acompanha em todas as vivências e sem o qual nós, não podemos entrar e sem o qual na verdade não entraríamos, pois é para nossa segurança. Seguindo a dica de Jesus, devemos ser estatutos como a serpente! Fiquei feliz, pois quanto mais agentes forem trocados, mais pessoas ouvirão a mensagem!
A tarde, mais 5 vivências , ou seja, sai da unidade 17 horas. Olhei para trás e me lembrei que entrei na unidade as 8 horas da manhã, depois de um dia cheio, fiz todas as vivências, 12 cultos ao todo, muita história, muito testemunho do poder de Deus, Ele também pode agir atrás das grades!
Mais o tempo não para, e vamos nós, pois precisamos chegar em União da Vitória. Domingo  pela manhã, (09) tivemos 20 minutos para falar na igreja, foi um tempo muito proveitoso, a igreja foi bem receptiva.
A noite na mesma igreja pudemos pregar o evangelho de Cristo Jesus na Primeira Igreja Batista de União da Vitória, e logo após tive uma reunião com a equipe que realiza um trabalho da UPA ( Unidade Prisional Avançada), no caso já em terras catarinenses. Definimos algumas metas para o trabalho e uma pré agenda para o segundo semestre de 2013 para o trabalho nesse presídio.
Segunda pela manhã, iniciamos nosso retorno para Curitiba, com um sentimento, de missão cumprida, pelo menos por hora!

 

Pr. Luis Carlos Magalhães

Junta de Missões Nacionais da CBB

Coordenador da Pastoral Carcerária Batista no Paraná.

Membro do Conselho Diretor do Fundo Penitenciário do Paraná